segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Dia Nacional do Sorvete

Bom dia, pessoas?

Vocês sabiam que existe o Dia Nacional do Sorvete e é hoje, 23 de setembro?

Leiam a matéria abaixo e comecem a semana tomando um sorvete beeeem gostoso !

Beijos.

Dia Nacional do Sorvete

Este é o quinto ano consecutivo que é comemorado o Dia Nacional do Sorvete com objetivo de divulgar os benefícios nutritivos deste alimento e consolidar a data comemorativa ao Dia do Sorvete, instituída pela ABIS – Associação Brasileira das Industrias de Sorvete e um grupo de industriais de sorvetes.
Sorvete faz bem para a saúde e pode ser consumido em todas as estações.
O sorvete é um alimento completo, rico em cálcio, proteínas, vitaminas e gorduras. “É ótimo, nutritivo e um dos alimentos mais completos que existem”, disse o infectologista Djalma Rodrigues Pinto Neto, da Clínica Cevaci, especializada em vacinação e campanhas contra a gripe.
O médico derruba o paradigma de que o produto faz mal para a saúde. “O fato de tomar sorvete não proporciona maior ou menor predisposição às doenças. O que causa gripes e infecções é entrar em contato com o vírus”, garantiu. “Inclusive há sorvetes apropriados para o inverno, com caldas de chocolate, e o petit gateau, que é muito gostoso”, concluiu.

HISTÓRIA DO SORVETE

O prazer de se refrescar com um sorvete é conhecido pelo homem há mais tempo do que se imagina. Consta em alguns livros de história que Nero, no ano 60 D.C., já saboreava essa sobremesa em seus banquetes. Naquele tempo a mistura era preparada no momento de servir com sucos de frutas, mel e neve dos Alpes. Os chineses foram, entretanto, os grandes admiradores de sorvete na Antigüidade. Há três mil anos, antes da invenção das máquinas de fazer frio, utilizando a neve, os antigos também preparavam suas especialidades.
Alguns historiadores atribuem a Marco Polo a introdução do sorvete na Europa, no Século XIII, onde se incorporou o leite nas receitas. Mas foi nos Estados Unidos que o produto se popularizou: a primeira sorveteria foi instalada em Baltimore, em 1851, tornando-se um sucesso e provocando uma expansão rápida do comércio do segmento, dando assim início à produção industrial do alimento. No Brasil também chegou no século passado e consta que era uma das sobremesas preferidas de D.Pedro II.
Com o aprimoramento das máquinas de fazer frio e o posterior avanço tecnológico, o sorvete passou a incorporar novos ingredientes e técnicas de preparo mais sofisticadas que trouxeram a cremosidade ao produto. Elementos como leite, açúcar, glicose, emulsificante, gordura vegetal, aromas, corantes e frutas naturais tornaram o sorvete um alimento com grande valor nutritivo.

SORVETE É MAIS QUE PRAZER

Recentemente um estudo em que ficou comprovado que o sorvete é um alimento completo, contendo proteínas, açúcares, gordura vegetal e/ou animal, vitaminas, cálcio, fósforo e outros minerais essenciais numa nutrição balanceada.
Uma comparação com outros alimentos mostra que um sorvete possui menos calorias que um ovo frito ou um pão francês: enquanto 100 gramas de sorvete de creme possui 208 calorias, a mesma medida de pão francês tem 269 calorias e de ovo frito, 216.
O valor calórico dos sorvetes depende da sua composição, ou seja, das matérias primas utilizadas para sua fabricação. Um sorvete produzido com ovos ou leite fornecerá uma maior quantidade de proteína e gordura comparativamente a um sorvete que utiliza água. Por exemplo, em análises efetuadas a diversos sorvetes, verificou-se que 90 gramas de sorvete (peso médio por dose) podem fornecer entre 130 e 320kcal. Para estes valores contribuem principalmente o açúcar (25-59%) e a gordura (3-16%).
Os produtos à base de leite, como o sorvete, hoje são apontados como ingredientes funcionais, relacionados à saúde e são produtos de excelente qualidade nutricional e sensorial.
Os sorvetes também são uma excelente fonte de cálcio, pois podem atingir 135mg/100g. Isso é importante para as pessoas que por hábito, gosto ou intolerância à lactose, não ingerem os produtos lácteos na quantidade necessária. Em termos médios o consumo de 100g de sorvete contribui com cerca de 8 a 16% da dose diária recomendada de cálcio, um mineral essencial para a saúde de dentes e ossos, cujo consumo é importante tanto durante a infância e a adolescência, fases em que ocorrem os maiores ganhos de massa óssea como na vida adulta e maturidade, para manter essa estrutura óssea adquirida nas fases anteriores.
Os sorvetes associam prazer, conveniência, sabor, aspectos nutritivos e benefícios à saúde em uma boa medida. Em termos de conveniência e variedade, atendem todos os gostos e necessidades.

(fonte: www.icebode.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário