segunda-feira, 26 de maio de 2014

Vantagens de ler

Boa noite, pessoas !!!


Amo ler, adoro comprar/ganhar livros e confesso que eles são os meus companheiros nas horas de solidão !
 
Seguem nomes de alguns livros que li, gostei e recomendo: O Meu Pé de Laranja Lima (clássico que já li várias vezes), O Matuto (emprestei para alguém que não lembro e esse alguém não me devolveu...), Ruth Cardoso - Fragmentos de uma vida, Nosso Lar, O Vendedor de Sonhos - O Chamado, É proibido chorar, Capitães da Areia, livros de poesias/poemas, etc...
 
Beijos e leiam sempre !!!

sábado, 24 de maio de 2014

Avareza

Avareza

A avareza é uma espécie de pobreza pois a pessoa mesquinha não aproveita para si os recursos que tenha conquistado ou não permite dividir um pouco de sua abundância com os outros.

É claro que através da competência pode um homem conseguir uma fortuna se Deus o permitir, mas também Ele não pode retirá-la a qualquer instante se verificar que um filho seu não está usando para o bem e a felicidade dos seus irmãos menos favorecido? Não seria a avareza neste caso, uma serva do orgulho e do egoísmo?

Ao contrário do que se pensa, os recursos e os bens materiais devem ser administrados para beneficiar o bem estar e ajudar o desenvolvimento espiritual do ser e daqueles que lhe são próximos.

A vida de cada pessoa não depende apenas do que possui, pois, existem outros bens como a paz, a segurança, o amor e a saúde que nenhuma soma em dinheiro ou nenhum bem pode comprar.

Não se compram com dinheiro a honradez, o caráter e a virtude
de um homem. Mais vale compreender que os bens da Terra são
puramente temporais e que na Terra ficarão muitas vezes para aqueles mesmos a quem foram negados por capricho, uma ajuda ou um pouco que poderia tão satisfatoriamente ser repartido.

(Espírito Ernesto - psicografado por Rinaldo di Santis)

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Amigos

Bom dia, pessoas !!!

 
Tenho um monte de colegas e pouquíssimos amigos e quando digo amigos quero dizer amigos de verdade, amigos leais, amigos para todas as horas...
 
Alguns desses amigos eu vejo e falo muito pouco por conta da correria do dia-a-dia porém sei que posso contar com eles sempre que precisar !
 
Amigos verdadeiros são tesouros e devem ser respeitados e preservados !
 
Que Deus abençoe todos os meus amigos !!!
 
Beijos.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Ser Amigo

Ser Amigo

Você costuma ouvir seus amigos com atenção?

Ou é daqueles que se aproxima deles quando precisa de alguém para lhe ouvir as reclamações?

O depoimento a seguir pode ser útil para nossas reflexões. É de alguém que não havia pensado nisso e resolveu contar sua história.

Era cerca de 11 horas da noite e eu estava tranqüilo em casa, quando recebi o telefonema de um amigo muito querido.

Seu telefonema me deixou feliz e a primeira coisa que ele me perguntou foi: "como você está?"

E, sem saber porque, eu lhe respondi: "muito só..."

"Você quer conversar?", perguntou.

"Eu respondi que sim".

"Você quer que eu vá até a sua casa?"

Respondi que "sim" novamente...

Ele desligou o telefone e em menos de quinze minutos lá estava ele tocando a campainha.

Eu comecei falando, por horas, de meu trabalho, minha família, minha namorada, meus problemas e dúvidas e ele, atento, me escutava sempre.

Naquele dia eu estava muito cansado mentalmente e a sua companhia me fez muito bem.

Além do mais, do começo ao fim ele me escutou, me apoiou e me aconselhou. Assim, quando ele notou que eu estava melhor, disse: "bom, agora preciso ir trabalhar..."

Surpreso, eu lhe disse: "amigo, porque não me disse antes que teria que ir trabalhar? Veja que horas são! Você não conseguiu dormir, eu roubei seu tempo por toda a noite."

Ele sorriu e me disse: "não tem problema, para isso existem os amigos!"

Ao ouvir isso fiquei feliz em saber que podia contar com um amigo assim.

Acompanhei-o até à porta e, quando ele caminhava até o seu carro eu gritei: "Hei!... Amigo! Porque você me telefonou tão tarde? O que você queria?"

Ele voltou e me disse com voz baixa: "é que queria lhe dar uma notícia..."

E eu perguntei: "o que aconteceu?"

Ele falou: "fui ao médico e ele me disse que meus dias estão contados, tenho um tumor no cérebro. Não poderei operar. É maligno. Assim, só posso esperar..."

Naquele momento fiquei mudo.

Ele sorriu e disse: "tenha um bom dia, amigo!"

Entrou no carro e se foi...

Precisei de um bom tempo para assimilar a situação e até hoje me pergunto: "por que quando ele me perguntou como eu estava, eu me esqueci dele, e só falei de mim? Como ele teve força para sorrir, me escutar e dizer tudo o que disse?"

Desde aquele dia a minha vida mudou... Deixei de dar tanto valor aos meus problemas e de me preocupar somente comigo.

Agora, aproveito o meu tempo para estar mais perto das pessoas que amo, perguntar como elas estão e me interessar mais por elas, sem esperar nada em troca.

Tento sentir mais profundamente aqueles que estão a minha volta e aqueles que passam por minha vida...

Pense nisso!

Por vezes, temos agido com nossos amigos, como verdadeiros egoístas.

Esquecemos de que é preciso olhar nos olhos, ouvir as palavras que eles não têm coragem de nos dizer.

Temos pensado demasiadamente em nós mesmos, em nossos problemas, em nossas amarguras, em nossos desejos...

Importante que tenhamos a devida atenção para com aqueles que nos são caros.

Os amigos verdadeiros às vezes relevam as nossas atitudes egoístas, mas vale a pena cuidar com carinho dessas jóias que Deus coloca em nosso caminho.

Afinal, conservar um amigo com afeto e atenção, é sempre uma grande virtude.

Pense nisso, mas pense agora!

(Equipe  de  Redação  do  Momento  Espírita,  com  base  em história de autoria ignorada.)

terça-feira, 13 de maio de 2014

Curiosidades

Boa tarde, pessoas !!!

Vejam que interessante:




Eu nunca tinha parado para pensar nisso mas gostei de saber e de aprender uma coisa nova !

Beijos.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Dia de São José Operário

Boa tarde, pessoas !!!

Hoje é dia de São José Operário e para homenageá-lo segue abaixo um pouco da sua história.

Beijos, bom feriado e ótimo mês de Maio !!!


01 de Maio - São José Operário

Basta traçar um paralelo entre a vida cheia de sacrifícios de são José, que trabalhou a vida toda para ver Nosso Senhor Jesus Cristo dar a vida pela humanidade, e a luta dos trabalhadores do mundo todo, pleiteando respeito a seus direitos mínimos, para entender os motivos que levaram o papa Pio XII a instituir a festa de "São José Trabalhador", em 1955, na mesma data em que se comemora o dia do trabalho em quase todo o planeta.

Foi no dia 1o de maio de 1886, em Chicago, maior parque industrial dos Estados Unidos na época, que os operários de uma fábrica se revoltaram com a situação desumana a que eram submetidos e pelo total desrespeito à pessoa que os patrões demonstravam. Eram trezentos e quarenta em greve e a polícia, a serviço dos poderosos, massacrou-os sem piedade. Mais de cinquenta ficaram gravemente feridos e seis deles foram assassinados num confronto desigual. Em homenagem a eles é que se consagrou este dia.

São José é o modelo ideal do operário. Sustentou sua família durante toda a vida com o trabalho de suas próprias mãos, cumpriu sempre seus deveres para com a comunidade, ensinou ao Filho de Deus a profissão de carpinteiro e, dessa maneira suada e laboriosa, permitiu que as profecias se cumprissem e seu povo fosse salvo, assim como toda a humanidade.

Proclamando são José protetor dos trabalhadores, a Igreja quis demonstrar que está ao lado deles, os mais oprimidos, dando-lhes como patrono o mais exemplar dos seres humanos, aquele que aceitou ser o pai adotivo de Deus feito homem, mesmo sabendo o que poderia acontecer à sua família. José lutou pelos direitos da vida do ser humano e, agora, coloca-se ombro a ombro na luta pelos direitos humanos dos trabalhadores do mundo, por meio dos membros da Igreja que aumentam as fileiras dos que defendem os operários e seu direito a uma vida digna.

Muito acertada mais esta celebração ao homem "justo" do Evangelho, que tradicional e particularmente também é festejado no dia 19 de março, onde sua história pessoal é relatada.


(fonte – www.paulinas.org.br)