quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Não minta !

A Fundação Luiz Almeida Marins Filho realizou no dia 14 de setembro deste ano um painel para 400 professores e dirigentes educacionais de escolas públicas de Sorocaba. Participaram como palestrantes educadores e líderes renomados. O tema foi: “Educação Alicerçada em Valores”.
Uma das palestrantes propôs apenas uma coisa e fez a seguinte provocação: que as pessoas fizessem um pacto de não mentir.
Disse ela, com muita propriedade, que um dos mais elevados valores da vida é a verdade. Assim sendo, a missão mais importante dos dias atuais é a de reeducar as pessoas, principalmente as crianças, para que interrompam a atual complacência com a mentira. Mentir acabou se tornando uma prática tão usual e corriqueira que há pessoas que relativizam o emprego da mentira dizendo que há ocasiões ou situações em que mentir não só é permitido como desejável, portanto, correto.
Os motivos que levam à mentira podem ser inúmeros: baixa autoestima, desprezo pela outra pessoa, desejo de status, além de inúmeros medos: medo de uma punição, medo de ser rejeitado, medo de ser discriminado, medo de assumir consequências, etc. Qualquer que seja a razão, é preciso que voltemos a criminalizar a mentira como algo errado e que não pode e não deve ser justificado sob o argumento de que todos mentem.
Há pessoas que confundem falar a verdade com grosseria, falta de educação, ausência de polidez e agressividade. Para muitas pessoas a verdade passou a ser tão incômoda que não sabem mais como trabalhar com ela. Preferem mentir, falsear a verdade, enfeitar a realidade, inventar. É para isso que a palestrante estava chamando a atenção. Ou fazemos um pacto de não mentir ou então cairemos num descrédito geral com consequências cada vez mais graves, em uma sociedade onde ninguém acredita em ninguém.
Vamos fazer um esforço pela verdade, pela veracidade. Preste atenção e veja quantas vezes mentimos, até sem motivos ou necessidade. Vamos fazer um pacto pela verdade, recriminalizando a mentira e procurando viver alicerçados em valores e princípios elevados.
Pense nisso. Sucesso!
ANTHROPOS MOTIVATION & SUCCESS
(motivacao@anthropos.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário