quinta-feira, 23 de maio de 2013

Memória Fraca

Memória Fraca

Luiz Marins

Você já reparou como há pessoas com memória fraca? Pessoas que não lembram de seu passado quando eram simples, muitas vezes pobres? Pessoas que não se lembram das pessoas que as ajudaram a chegar onde estão? Pessoas que fazem questão de esquecer como agiam e hoje se tornaram críticas de coisas que faziam no passado?
Será que essas pessoas têm memória fraca ou realmente não querem se lembrar de seu passado?
Conheço pessoas arrogantes, soberbas, cheias de si; que humilham outras pessoas, principalmente as mais simples, exatamente porque se esqueceram ou não querem se lembrar de seu próprio passado.
Quando perdemos a consciência de nosso passado nos tornamos desumanos, ou seja, não humanos: nos tornamos máquinas impessoais, sem alma. E essa desumanização traz às pessoas e às empresas um enorme prejuízo.
Sem memória perdemos a noção do ridículo. Perdemos a humildade, isto é, deixamos de estar com os pés na terra (no húmus). Perdemos a consciência de nossa dependência das outras pessoas para vencer. Sem memória, muitos começam a se achar o centro do mundo, a medida das coisas, exigindo indevido respeito, exageradas reverências. Enfim, sem memória nos tornamos bobos, tolos, sem referência e objeto de desprezo.
Não podemos e não devemos ter vergonha de nosso passado e muito menos esquecê-lo. Pessoas de sucesso, líderes de sucesso sempre se lembraram (e lembram) muito bem de seu passado, de suas dificuldades, de suas vitórias e principalmente daqueles que os ajudaram a vencer. Pessoas de sucesso são agradecidas pelos dons que receberam e pelas oportunidades que tiveram e sempre se acharam abençoadas e pouco merecedoras de tudo o que conquistaram. E é justamente essa humildade dada pela memória e respeito ao passado que as fazem vencedoras.

E você? Como está a sua memória?

Pense nisso. Sucesso!

ANTHROPOS MOTIVATION & SUCCESS

Nenhum comentário:

Postar um comentário